NOTA DO DCE-UFRPE SOBRE A REUNIÃO DO DIA 29/02 COM O PRÓ-REITOR DA PROGEST SEVERINO MENDES JÚNIOR

No dia 29 de fevereiro, às 9 horas, o DCE junto com outros estudantes, compareceram a audiência com a PROGEST, na presença do Professor Severino Mendes Júnior, com a seguinte pauta: Discutir o corte sem aviso prévio das bolsas de gratuidade no R.U. para os estudantes não residentes. Garantimos tais vitórias:
1 - Todos os estudantes não-residentes que possuem a gratuidade no R.U. terão suas bolsas mantidas. A PROGEST ficou de enviar a todos os discentes que possuem essa bolsa, um novo e-mail comunicando-os da manutenção de suas bolsas, e convocando em breve para um recadastramento.
2 - Os estudantes que possuem tal bolsa serão convocados a fazer um recadastramento, pois a PROGEST alega que tendo 200 estudantes listados que possuem essa bolsa de gratuidade no R.U., em média apenas 30 estudantes estão utilizando tal benefício, e que foi diagnosticado que pessoas de fora e estudantes que não estão dentro do recorte social, estão se utilizando deste benefício. Com isso haverá um recadastramento informado com antecedência a cada bolsista para reorganizar tais benefícios. Fique atento. Se você não receber o comunicado ou se houver qualquer um outro problema, entre em contato conosco ou diretamente com a PROGEST.
3 - Após o recadastramento, que terá a duração de, em média, 45 dias, será aberto um edital em especial. Este edital será para contemplar as vagas que ficarão ociosas, para o resto da comunidade acadêmica. O que isso significa: A partir de 2013, este tipo de modalidade de bolsa, que garantia, na sede, que estudantes do recorte social tivessem acesso gratuitamente ao Restaurante Universitário foi cortado de forma prematura, com a alegação do preço do R.U. ter baixado. O DCE colocou como proposta, e que o Professor Severino Mendes Júnior se responsabilizou a cumprir a seguinte questão: As vagas, dessas 200, que sobrarem (Que a PROGEST acredita que seja em torno de 150 vagas), serão lançadas em Edital para toda a Comunidade Acadêmica. Isto é uma importante vitória, pois depois de 3 anos após o corte dessa modalidade de bolsa, ela será aberta no semestre de 2016.1, dando a oportunidade a outros estudantes dentro do recorte social, de concorrerem a se alimentarem gratuitamente no nosso Restaurante Universitário.

O DCE reafirma total compromisso com a Assistência Estudantil pois entendemos que essa é a principal pauta dos estudantes. Precisamos lutar para que a assistência estudantil melhore. Não vamos aceitar nenhum tipo de corte ou de ações de políticas que não beneficiem a permanência dos estudantes. Entedemos que na assistência estudantil, nas políticas que fazem os estudantes permanecerem na nossa universidade, não devem ser mexidas em hipótese alguma. Essa conquista de hoje foi uma conquista de todos os estudantes da UFRPE, pois demonstra que com os estudantes unidos, nós conseguimos vitórias. Juntos somos mais fortes.

Saudações de luta estudantil.

Compartilhe!